quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Polícia Militar de Feira recebe 40 novas viaturas e armamentos



A Polícia Militar em Feira de Santana recebeu na manhã desta quinta-feira (27/12) 40 novas viaturas, Modelo Chevlolet S10 diversos armamentos de grosso calibre e em breve terá uma nova central de comunicação

O ato de entrega aconteceu em frente ao predio da Prefeitura, no centro da cidade e foi coordenado pelo Coronel Adelmário Xavier, comandante do CPRL (Comando de Policiamento Regional Leste).

Os veículos serão distribuídos entre as quatro companhias independes, sendo que a zona rural dispõe de viaturas para a segurança. Adelmário informou que se for necessário, as viaturas também poderão atender os distritos durante operações especiais para reforçar o policiamento.

O deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Zé Neto (PT), que minutos antes prestigiou o balanço das atividades da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar em Feira, relembrou o antigo quadro de veículos existente no município. “Hoje nós temos 40 viaturas novas e 40 motocicletas. São 80 veículos. Encontramos a Polícia de Feira com seis carros e 11 motocicletas. 

O coronel Adelmário Xavier, responsável pelo Comando de Policiamento Regional Leste (CPMRL), também comemorou os avanços. “Quando eu assumi, em junho, uma das promessas que fiz para a sociedade foi que ia lutar junto ao nosso comandante geral para que a gente aumentasse a frota de Feira de Santana. Entrei aqui com 17 veículos e hoje estamos colocando 40 viaturas em serviço. Agradeço ao comandante geral e, especialmente, ao deputado Zé Neto, que lutou muito pra que isso acontecesse. Zé Neto é um filho de Feira que tem ajudado muito a Polícia Militar de Feira de Santana”.

Além das viaturas, outra novidade anunciada pelo coronel Adelmário, é a inauguração, em breve, de uma nova central de comunicação, que vai funcionar na sede do 1º BPM (Batalhão da Polícia Militar). Ele garante que até o próximo dia 15 de janeiro a nova central será inaugurada pelo comandante Geral da PM e pelo governador do Estado, Jaques Wagner.

“É uma central muito importante que vai ser operada por vários policiais que vão atender os telefones e as viaturas. Eu pretendo colocar um policial como operador da central para que o serviço possa fluir com mais rapidez e que atenda bem a população”, afirmou Adelmário.

Quando questionado sobre o número de homicídios, afirmou que a principal característica destes crimes é o envolvimento com drogas. Apesar do crescimento no número de assassinatos, “desde que assumi, em junho, foi constatado uma redução de 11,5%”.

Com relação a efetivo, o coronel Xavier ressaltou que existe uma carência. “Sabemos que foi feito um concurso para 2.000 vagas. Enquanto não conclui o curso de formação, teremos que agir com o policiamento extraordinário. Ou seja, o governo repassa verba e os policias militares trabalham em hora extra, aumentando o efetivo”.   

á o deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Neto (PT) salientou outros avanços: “Antes tínhamos apenas um batalhão de polícia. Hoje somos quatro companhias independentes. Duas bases comunitárias. O Complexo Policial Investigador Bandeira foi reformado e o Complexo do Sobradinho que está sendo construído. O Conjunto Penal de Feira de Santana passou de 350 vagas para 1250”.

Entretanto, de acordo com o mesmo, os investimentos ainda não suprem as necessidades. “Ainda falta muito. Atualmente 85% dos crimes cometido tem envolvimento com as drogas. Isso é um desafio para a polícia, para o Estado e para a sociedade”, disse.

Segundo Neto, do empréstimo de R$ 1,1 bilhão que o governo da Bahia vai contrair junto ao Banco do Brasil, aprovado nesta quarta-feira (26), na Alba, R$ 600 milhões serão investidos na área de segurança.  “Os R$ 600 milhões serão investidos na polícia, melhorando equipamentos, comprando mais viaturas armamentos, viaturas, comunicaçãoque é um dos aspectos que precisa melhorar na área”, garantiu.

Um comentário:

Cone dos santos disse...

Linda propaganda do governo.