domingo, 19 de outubro de 2014

PRE apreende mais de 550 aves transportadas ilegalmente na BA-052

Aves apreendidas
 De acordo com informações da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) da cidade de Lençóis, na região da Chapada Diamantina, 559 aves foram apreendidas pela Polícia Rodoviária Estadual, na BA-052, próximo ao município de Anguera, localizada a cerca de 150 quiômetros de Salvador. Os animais estavam sendo transportados ilegalmente por um homem, em um veículo que trafegava pela rodovia.

Ainda segundo a CIPPA, a apreensão ocorreu por volta das 14h de sábado, após receberem uma denúncia de que uma pessoa estaria transportando as aves. A CIPPA então notificou a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que fez um patrulhamento na rodovia e localizou o veículo onde estavam o animais. Após a apreensão, as aves foram transportadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), órgão vinculado ao Ibama, localizado em Salvador.
Josiano Cordeiro Torezani, coordenador  do Cetas, revela que todas as aves eram da espécie canário da terra. "Dos 559 animais, três vieram a óbito. A gente não sabe de onde vieram os animais, mas não deve ter sido de muito longe, caso contrário morreriam muito mais aves", afirma.
 
Segundo Torezani, os canários estavam sendo transportados em péssimas condições. "Eles estavam em caixas, dentros de bolsas", destaca. "Para você ter uma ideia, as caixas cabem por volta de 10 aves, mas estavam com 50 cada", acrescenta. O coordenador do Cetas afirma que as aves estão sendo tratadas e devem ser devolvidas à natureza dentro de um mês.
O homem pego em flagrante transportando os animais foi preso, e só será solto após pagamento de fiança. "Ele também terá que pagar uma multa, que pode chegar a R$ 500 por animal apreendido", completa Torezani.
 
Informações do g1 e Foto: Gizelle Pagliares de Almeida

Duas pessoas morrem após carro bater em poste na BA-290

Local do crime
 Duas pessoas morreram e um ficou ferida após um veículo de passeio bater em um poste no Km 1 da BA-290, região do bairro Nova América, em Teixeira de Freitas, sul da Bahia, por volta das 6h deste domingo (19/10). Com o impacto da batida, o veículo ficou totalmente destruído.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um casal chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas não resistiu. A terceira vítima permanece internada na unidade e não há informações sobre o estado de saúde dela. A causa do acidente é desconhecida.
Informações do g1 e Foto: Viviane Moreia

Empresário morre no HGCA após ter corpo incendiado por criminosos

Local do crime
 O empresário Manoel Carlos Santana, 61 anos, morreu neste domingo (19/10) após ter o corpo queimado por criminosos dentro do próprio restaurante em Feira de Santana. O crime aconteceu na tarde deste sábado (18/10).

Segundo a Delegacia de Homicídios, o empresário, dono do restaurante Galinha Gorda, na avenida João Durval, teve grande parte do corpo queimado no ataque.  As imagens do momento em que o empresário teve as chamas do corpo apagadas foram gravadas por testemunhas.
 
O vídeo mostra o momento em que o empresário, mesmo com as mãos amarradas, consegue sair do restaurante e pedir ajuda. Desesperadas, algumas pessoas que veem o homem em chamas tentam apagar o fogo com água e extintores de incêndio. "Joga água, joga água. Meu Deus", grita um homem, enquanto tenta apagar o fogo.
O empresário foi resgatado e levado para o Hospital Geral Clériston Andrade, em estado grave. Ele não resistiu e morreu na tarde de hoje. A polícia investiga se o empresário foi morto em uma tentativa de assalto ou por vingança.
O crime bárbaro causou grande repercussão em Feira de Santana. Através dos sites de redes sociais, moradores reclamaram da violência na cidade.

Bacharel em direito é morto a tiros na frente de casa

Tállice Camargo
 Um bacharel em direito de 21 anos foi morto no início da tarde deste sábado, na cidade de Teixeira de Freitas, no sul do estado. Tállice Camargo estava saindo de casa em um carro modelo Celta quando foi atingido por três disparos de arma de fogo.

De acordo com a delegacia do município, testemunhas indicam que o autor dos disparos estava montado em uma motocicleta e fugiu. O caso aconteceu por volta de 12h30. Familiares da vítima que estavam dentro de casa ainda tentaram socorrer o jovem para o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas, mas ele não resistiu aos ferimentos.
 
"Ele estava voltando do comércio com a namorada. Quando eles chegaram em casa ela desceu para abrir o portão e aí o motociclista atirou nele", explica o delegado titular de Teixeira de Freitas, Kléber Gonçalves. "A mãe e dois vizinhos ainda levaram ele pro hospital, mas ele morreu logo depois de receber atendimento".
 
Tállice era estudante de direito da Faculdade Pitágoras, também localizada em Teixeira de Freitas. Também segundo o delegado Gonçalves, a Polícia Civil ainda investiga a autoria e a motivação do crime. Nenhum objeto foi levado do carro onde estava a vítima. O jovem não tinha passagem pela polícia.
 
O corpo de Tállice foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Teixeira de Freitas.

Quatro pessoas são presas e 52 mil litros de combustíveis apreendidos durante "Operação Mutação"

Prisões
 Com o intuito de combater o esquema de adulteração de combustíveis, a "Operação Mutação" deflagrada na manhã desta sexta-feira (17/10) resultou em quatro prisões, duas temporárias e duas em flagrante. Erick Luiz da Silva Santos e José Luiz Santos Júnior vão responder por crime de adulteração de combustível e formação de quadrilha. Os dois são filhos de José Luiz Santos, considerado o principal articulador da organização criminosa, que se encontra foragido. As equipes continuam em atividade para cumprimento dos seis mandados de prisão restantes.

Todos os nove mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Durante a operação, foram apreendidos cerca de 52 mil litros de combustíveis e solventes, a maioria deles em uma borracharia e um galpão localizados no município de Amélia Rodrigues, além de três armas de fogo, 70 cartuchos de munição, 11 celulares, um computador, mais de R$ 9 mil em espécie, R$ 14 mil em cheques, e vários documentos, entre eles os de propriedade de veículos particulares e carretas.
Segundo o promotor de Justiça Luís Alberto Vasconcelos, que esteve à frente da operação em campo juntamente com o promotor de Justiça Marcos Pontes, a quantidade de combustíveis e outros produtos químicos é “significativa, mas não representa o volume enorme de combustível adulterado na região”. A maior parte do material foi apreendida em Amélia Rodrigues. O promotor explicou que o produto adulterado era revendido em postos de combustível da região de Feira de Santana e em pontos clandestinos por meio de recipientes de armazenamento conhecidos como “bombonas”. 

Investigações
Durante três anos de investigação, apurou-se que parte da carga de cerca de 200 caminhões-tanque que trafegavam por Amélia Rodrigues diariamente era desviada para pontos (conhecidos como “Bodes”) onde ela era subtraída e comercializada a postos revendedores de combustíveis. Lá, homens chamados de “bodeiros” rompiam os lacres dos caminhões, subtraíam as cargas e depois adicionavam solventes para posterior comercialização de combustível adulterado na região de Feira de Santana.
Segundo as apurações, o esquema incluía também emissão de notas fiscais falsas com o objetivo de legalizar o produto adulterado, indicando crimes de sonegação fiscal. As investigações contaram com interceptações telefônicas, pelas quais se constatou a participação de policiais civis e militares na quadrilha. Em troca de propina, eles teriam fornecido proteção ao esquema criminoso.
 
Participam da "Operação Mutação" o Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes contra a Ordem Tributária (Gaesf), Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Promotoria Regional Especializada no Combate à Sonegação Fiscal de Feira de Santana e a Promotoria de Justiça de Amélia Rodrigues.
Eles são apoiados pelo Núcleo de Inteligência Criminal (NIC), pelo Ministério Público estadual, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Superintendência de Inteligência (SI), da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia (SSP). A Agência Nacional do Petróleo (ANP), a Inspetoria Fazendária de Investigação e Pesquisa (Infip) e a Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia (Sefaz) também participam das prisões.
 
A operação envolve um contingente de oito promotores de Justiça do MP, mais de 150 policiais, 44 viaturas, um helicóptero da PRF, um caminhão-guincho e um caminhão-tanque.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Fuzis 762 roubados em Serrinha são recuperados em Feira de Santana

Fuzis recuperados
 Após minuciosa varredura realizada entre a cidade de Serrinha e Feira de Santana, os 20 fuzis 762 roubados na madrugada desta terça-feira (14/10), no quartel do Tiro de Guerra, na cidade de Serrinha - pertencente ao Exército Brasileiro - foram encontrados em Feira de Santana nesta quarta-feira (15) por policiais militares, que trabalharam em conjunto com as polícias Federal, Civil e Rodoviária Federal.

Uma parte do armamento foi encontrado, por volta das 15h, por populares em um matagal próximo ao Cemitério São João Batista, no bairro Mangabeira. Os moradores acionaram a guarnição do Peto 66, que recuperou o material.
Poucas horas depois, policiais militares do Pelotão Tático Móvel 08, localizaram 15 armas na Avenida Eduardo Fróes da Mota (Avenida de Contorno), em frente ao supermercado G. Barbosa. Logo em seguida a arma que faltava foi encontrada pelo Serviço de Investigação da Polícia Civil após informação de uma pessoa que foi presa, sob acusação de envolvimento no roubo. Uma segunda pessoa envolvida está detida.
 
De acordo com o delegado Ricardo Brito, coordenador regional de polícia (1ª Coorpin), os envolvidos no roubo estavam negociando as armas com quadrilhas, que assaltam bancos em diversas cidades do estado.
“São armas de grosso calibre, são fuzis 762, que são usadas em assaltos a bancos. Mais uma vez a integração entre as forças de segurança, policias Federal, Militar, Rodoviária Federal e Civil, conseguimos êxito recuperando todos os fuzis roubados no Tiro de Guerra, em Serrinha. A polícia agiu com muita rapidez, conseguiu identificar e fazer o cerco até com seus familiares e eles resolveram entregar todo esse material”, informou o coordenador de polícia ao Acorda Cidade.
 
De acordo com o delegado da Polícia Federal, Val Goulard, as polícias estão realizando diligências em conjunto para tentar capturar os demais envolvidos.
 
“Esta é uma operação integrada. Desde o roubo, as forças policiais foram a campo e hoje foram recuperados todos os fuzis. Eles estão ligando para as guarnições da Polícia Militar e indicando os locais em razão do trabalho realizado pela força policial que visa coibir essa criminalidade. Algumas pessoas ainda estão sendo identificadas e estamos realizando diligências no sentido de prendê-las o mais rápido possível”, disse.
Por volta das 2h30 da madrugada de hoje (15), Anderson Machado Nascimento, o "Gago", 20 anos, foi detido em Serrinha como suspeito de envolvimento no roubo e prestou depoimento na Polícia Federal em Feira. Ele apontou o nome de outro envolvido e disse que serviu ao exército, o que facilitou dar o direcionamento de como praticar o roubo. Segundo policiais, ele apontou o nome de um envolvido.

Jovem é preso em Serrinha acusado de roubar fuzis do Exército

Local da ação
 Foi realizada nesta quarta-feira (15/10), uma ação conjunta entra a policias Federal, Rodoviária Federal, policia Militar e Civil, com a intenção capturar os homens que roubaram os 20 fuzis de uso exclusivo das Forças Armadas, na madrugada de terça-feira (14/10) na unidade Tiro de Guerra, na cidade de Serrinha.

A operação está acontecendo na cidade onde aconteceu o roubo e em Feira de Santana. Algumas das abordagens foram realizadas no bairro Baraúnas por policiais federais e militares do Cipe Litoral Norte, mas ninguém foi preso.
Por volta das 2h30 da madrugada de hoje (15) um jovem de 20 anos foi detido em Serrinha como suspeito de envolvimento no roubo, mas foi liberado. Segundo policiais, ele apontou o nome de um envolvido. O caso está sendo investigado e a polícia não está autorizada a passar mais detalhes.
 
Anderson Machado Nascimento, conhecido como “Gago”, 20 anos foi preso por volta das 02h30, no bairro do cruzeiro. Gago foi conduzido para Delegacia Territorial do município, onde confessou que já tinha servido ao Tiro de Guerra e confirmou sua participação.
Na delegacia, o acusado contou que tudo foi planejado e o mesmo foi responsável para passar informações privilegiadas a o comparsa identificado como “Rasta”, suposto líder da quadrilha e os outros integrantes residem em Feira de Santana.

No inicio da manhã de hoje a operação aconteceu no bairro das Baraúnas em Feira de Santana, precisamente em algumas residências, localizadas na Avenida Riachuelo, nas proximidades da Casa de Show Estação da Música. Em uma das casas visitadas pelos policiais, duas mulheres suspeitas de participar do roubo dos fuzis foram detidas e encaminhadas para Delegacia da Polícia Federal de Feira de Santana.
 
Os policiais entraram em várias residências suspeitas a procura dos acusados e dos fuzis, algumas pessoas foram abordadas, mas nas Baraúnas por enquanto, apenas duas mulheres foram presas. A operação continua, os federais informaram que a operação é grande e só vai acabar quando recuperar todos os 21 fuzis roubados.