quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

'Operação Verão' terá 22 mil policiais em áreas turísticas e culturais da BA



'Operação Verão%2
Começou na manhã desta quarta-feira (14/12) a “Operação Verão 2016/2017”, que tem o objetivo de intensificar o policiamento nos principais pontos turísticos da Bahia, no período em que é registrado maior crescimento no fluxo de turistas e a realização de grandes eventos artísticos e culturais nas cidades. Cerca de 22 mil policiais e 870 bombeiros militares participam da operação.

O lançamento aconteceu no Jardim dos Namorados, em Salvador, e contou com a presença do governador Rui Costa. A capital baiana e mais 25 localidades turísticas baianas, entre elas Porto Seguro, Itacaré, Mangue Seco, Lençóis e Conde, receberam reforço no efetivo.

Está previsto um investimento de R$ 2,6 milhões para a cobertura das despesas com o efetivo da Polícia Militar deslocado para as ações especiais de segurança, além de mais R$ 472 mil do Corpo de Bombeiros.

A ação prevê a intensificação do policiamento não apenas nas praias e pontos turísticos, mas nos demais bairros da capital baiana, bem como nas rodovias estaduais.

A meta é estender a Operação Verão até depois do Carnaval, e dar suporte também às festas de final de ano, aos grandes eventos e ao calendário de festas populares da Bahia que se concentram no verão.

Na solenidade desta quarta-feira, também foram entregues 852 viaturas para as polícias Civil, Militar, Técnica e Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. Deste total, 480 serão destinadas à PM. O governo investiu R$ 43,5 milhões na frota, que irá reforçar o patrulhamento em grande parte do estado.

Informações do g1

Protesto de indígenas bloqueia a rodovia BR-101, no sul da Bahia



Bloqueio da pista
Uma manifestação de indígenas pataxós bloqueia um trecho da BR-101, na cidade de Itamaraju, sul da Bahia, desde as 8h30 desta quarta-feira (14/12), de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Até por volta das 16h30, o protesto ainda ocorria.

Segundo a polícia, os pataxós reclamam que o contrato entre a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e uma empresa terceirizada de veículos para transporte de indígenas foi finalizado, e eles ficaram prejudicados. Segundo os manifestantes, desde a última segunda feira (12), índios com doenças crônicas ou em situações de urgência e emergência não podem ir até as unidades, porque os carros alugados pela Secretaria Especial de Saude Índigena (Sesai) não estão indo às aldeias.

Cerca de 400 indígenas de 22 aldeias são afetados pelo problema, segundo os manifestantes. Os indígenas reclamam ainda da aprovação da Proposta de Emenda à Constituição(PEC) 215, que proíbe a ampliação de terras demarcadas.

Policiais rodoviários federais tentaram negociar a abertura da rodovia, mas os manifestantes disseram que só vão desbloquear a rodovia depois que o contrato com a empresa responsável pelo transporte dos indios até as unidades de saúde for reestabelecido.

Rui Costa anuncia concurso público com 2.870 vagas para PM e bombeiros



Anuncio do governador
O governador Rui Costa anunciou a realização de concurso público para oficiais e soldados da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar em 2017. De acordo com ele, ao todo serão 2.870 novos policiais para reforçar a segurança pública e Salvador e interior do estado a partir de 2018.

O anúncio ocorreu durante o lançamento da Operação Verão, na manhã desta quarta-feira (14/12). Na quinta-feira (15/12), será publicada no Diário Oficial do Estado a resolução do Conselho de Política de Recursos Humanos (Cope), autorizando a abertura de licitação para contratação da empresa responsável pela realização da seleção.

De acordo com o governo, o novo concurso vai oferecer 2 mil vagas para soldados e 60 oficiais da PM. Outras 20 vagas serão destinadas a oficiais médicos e dez, para oficiais odontólogos. No caso do Corpo de Bombeiros, serão ofertadas 750 vagas para soldados e 30 para oficiais.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Homem é assassinado após sair de bar em Feira de Santana



Local do crime
Um homem foi assassinado na noite de segunda-feira (12/12), na Avenida Canal, no bairro Barroquinha, em Feira de Santana, após ser abordado por assaltantes, depois de sair de um bar com um amigo. 

Segundo a polícia, Antônio Romildo Gomes Silva, 33 anos, estava a caminho de casa quando  foi atingido por três tiros, no braço direito, nas costas e de “raspão” na cabeça. A vítima foi abordada por três criminosos, depois de sair de um bar no centro de abastecimento. O trio fugiu com o celular do amigo da vítima e dinheiro dele.

Conforme a polícia, antes do crime, a vítima e o colega beberam no bar, pagaram a conta e saíram caminhando em direção a outro estabelecimento. A polícia acredita que os criminosos já observavam a vítima antes de sair do bar.

Depois de baleado, o homem ainda correu por cerca de 300 metros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi encaminhada ao local e quando chegou ele já estava sem sinais vitais. O amigo da vítima não ficou ferido. Os suspeitos não haviam sido presos até a manhã desta terça-feira (13).

Claudia Leitte terá que devolver R$ 1,2 milhão da Lei Rouanet, diz AGU



Claudia Leitte
A cantora Claudia Leitte recebeu hoje (13) uma péssima notícia para o bolso. A Advocacia Geral da União (AGU) emitiu parecer para que o Ministério da Cultura (MinC) não aprove as contas da cantora para um projeto da Lei Rouanet. Na decisão, a AGU diz que a cantora terá que devolver R$1,2 milhão aos cofres públicos. “O órgão consultivo da AGU junto ao MinC manifestou-se pela reprovação do projeto”, enfirmou a assessoria do órgão, em nota.

A exigência da devolução foi publicada no Diário Oficial da União no dia 20 de outubro. A cantora tinha 10 dias para decidir entre duas opções previstas na Lei Rouanet: recorrer da decisão ou fazer o pagamento, dividido em até 12 parcelas. Agora, Claudia tem 30 dias, contados desde o último dia 7 para pagar a dívida. A cantora chegou a recorrer da decisão.
 
Entenda a polêmica
O montante foi captado em 2013, para a realização de 12 shows nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O projeto reprovado na avaliação do MinC é o de número 12-10136. A solicitação do dinheiro foi feita pela Produtora Ciel LTDA., responsável pelos contratos da cantora.

O projeto previa a venda de ingressos de R$ 35 a R$ 70, segundo o plano de distribuição enviado pela Ciel. O MinC diz que os ingressos mais caros foram vendidos em Picos (PI) e em Ponta-Porã (MS), mas não informa qual foi o valor cobrado. Essa não é a primeira polêmica envolvendo a lei e a cantora. No início do ano, Claudia foi criticada por conseguir autorização para captar R$ 356 mil para a criação de um livro autobiográfico. Com toda a repercussão negativa, ela desistiu do projeto.

Informações do g1

Idosa é presa com pistola e mais de 100 munições em ônibus de turismo



Arma apreendida
Uma idosa de 60 anos foi presa com uma pistola calibre 9mm, 106 munições intactas, nove quilos de crack e nove frascos de lança perfume durante revista de rotina a um ônibus no Km-830 da BR 116, no município de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, na noite de segunda-feira (12/12).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a idosa presa com drogas estava em um ônibus de turismo que seguia da capital paulista para o município de Bonito de Santa Fé, no estado do Pernambuco.

A polícia detalha que a pistola, as munições e o crack foram encontrados em uma caixa de papelão mantida no compartimento de bagagens. Após a idosa dona dos materiais ser identificada, a PRF detalha que encontrou com ela, na bagagem de mão, outra caixa de papelão enrolada em papel de presente, desta vez com os nove frascos de lança perfume.

À polícia, a idosa relatou que recebeu as caixas de uma pessoa desconhecida no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo, após pedido de que fossem entregues no município baiano de Feira de Santana. Ela ainda contou que não sabia quem receberia o material, mas destacou que iria receber um pagamento pelo transporte.

Presa em flagrante, a idosa foi encaminhada para a delegacia local, onde deve aguardar decisão da Justiça.
Informações do g1

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Quatro morrem após colisão entre carro e caminhão de gasolina na BR-101

Local do acidente
 Quatro pessoas morreram após uma colisão entre um carro e um caminhão de combustível na altura do km 366 da BR-101, no perímetro urbano do município de Gandu, região sul da Bahia. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu na manhã deste domingo (11/12), e a pista precisou ser interditada no local.

Ainda de acordo com a PRF, os veículos seguiam em sentidos opostos, e o motorista do carro perdeu o controle do automóvel, invadindo a pista na contramão. O condutor do caminhão chegou a tentar desviar, mas atingiu o eixo traseiro do carro, que ficou destruído após a colisão. O motorista do caminhão saiu ileso do acidente.
A perícia técnica chegou ao local do acidente por volta das 8h30, e a pista precisou ser interditada. A PRF não soube confirmar se o caminhão estava transportando gasolina no momento do acidente, mas nenhuma explosão aconteceu. Os veículos serão removidos do local apenas no período da tarde.
Informações do g1